Matemática Hoje >> Análise sobre a Obra >> Avaliação do Mec - 2004
Matemática Hoje - Avaliação do MEC

Matemática Hoje é feita assim

 A Coleção
 A Análise



Coleção Matemática
Hoje é feita Assim

Antônio José Lopes Bigode

Editora FTD

Por quê?

A coleção destaca-se pelas boas opções metodológicas e pela linguagem utilizada na apresentação e no desenvolvimento dos conteúdos. Essas escolhas despertam o interesse do aluno pela leitura e favorecem a construção de significados dos conteúdos matemáticos.

A maioria das unidades começa com uma situação problematizadora, expressa na forma de diálogos entre personagens, nos quais são discutidos os conceitos e procedimentos envolvidos, intercalados por observações, lembretes e definições que complementam o processo de sistematização do conhecimento explorado.

São também pontos fortes as conexões estabelecidas entre diferentes conteúdos, com utilização freqüente de conhecimentos de um campo matemático para dar significado aos de outro.

O conhecimento novo e o já desenvolvido são muito bem articulados e existem situações que envolvem contextos da prática social, da história da Matemática e de outras áreas do saber.


No início de cada livro há um Recado, que procura motivar o aluno para estudar Matemática e informa qual a proposta da coleção. Segue-se o Sumário, que apresenta a organização da obra em capítulos, divididos em unidades. Tais unidades compõem-se de pequenos textos sobre os conteúdos e de atividades que visam exercitar as noções e os procedimentos desenvolvidos.

A maioria dos capítulos abre-se com a seção Hoje tem Matemática, que destaca os aspectos que serão explorados. A seção Retomando traz atividades direcionadas para a consolidação de conceitos ou técnicas. Segue-se A revistinha,
composta por textos de história da Matemática, curiosidades, desafios e atividades de laboratório, entre outros, que têm como objetivo motivar os alunos e ampliar sua cultura matemática.

Ao final encontram-se um Glossário específico do volume; Para saber e gostar mais de Matemática, com sugestões de leitura para o aluno; respostas aos exercícios propostos nas seções Atividades e Retomando, e referências bibliográficas.

5ª série:

Números: uma grande invenção do homem
As operações aritméticas e a resolução de problemas
Geometria do espaço
Brincando com os números
Números quadrados, triangulares e outras seqüências
Múltiplos e divisibilidade
Polígonos
Os números primos
Potências
Compondo e decompondo figuras
As frações
Os números decimais
Os sistemas de medidas
Porcentagens

6ª série:

Aritmética prática: médias
Medindo massa
Ângulos
Aprofundando o estudo das frações: adição e subtração
Conexões matemáticas
Polígonos, ângulos, ladrilhos e pavimentos
Radiciação: a sexta operação
Números negativos
Quantidades desconhecidas e as equações
Representações gráficas
Proporcionalidade
Geometria e proporcionalidade
Multiplicação e divisão de números racionais

7ª série:

Medidas de capacidade e volume
Representação de sólidos
Os símbolos e os códigos
A linguagem da matemática
Áreas de figuras planas
Relações entre álgebra e geometria
Varia, variável, varia
Algebreira: calculando com letras
Curvas maravilhosas
Triângulos e quadriláteros
Simetrias
Teorema de Pitágoras
Sistemas de equações do 1º grau
Probabilidades

8ª série:

Revisitando os conjuntos numéricos
Π, o número mais famoso
Fatoração, produtos notáveis e cálculo algébrico
Equações do 2º grau
Equações que se reduzem a uma equação do 2º grau
Conexões matemáticas
A arte de argumentar
Demonstração em Geometria
Congruência e semelhança
Teorema de Pitágoras
Funções e gráficos
A matemática do taxista
Matemática comercial e financeira
Tratamento da informação

A seleção de conteúdos é equilibradamente dosada e inclui os tópicos normalmente trabalhados nesse nível de ensino, relativos a números, álgebra, grandezas e medidas, geometria e tratamento da informação. Além disso, apresenta conteúdos ainda pouco comuns, como lógica, matemática financeira e transformações geométricas, especificamente reflexões, translações e rotações no plano.
Em cada livro, os tópicos são bem distribuídos e é guardada apropriada alternância de assuntos na seqüência dos capítulos.
Os conteúdos de geometria são muito bem distribuídos ao longo da coleção. Contudo, nota-se que há concentração do campo numérico nos volumes da 5ª e da 6ª séries e do campo algébrico nos livros da 7ª e da 8ª séries.

A articulação entre os campos da Matemática é um ponto marcante da obra. As medidas de grandezas são exploradas em atividades relativas ao desenvolvimento de conceitos numéricos, com integrações para dar significado às noções algébricas e vice-versa. Além disso, em todos os volumes, capítulos intitulados Conexões matemáticas e Relações entre álgebra e geometria dedicam-se à exploração desse tipo de articulação. Verificam-se também boas conexões entre o conhecimento novo e o já estudado, em particular nas seções Voltando ao assunto.

A contextualização é utilizada para dar significado ao desenvolvimento dos conhecimentos matemáticos, o que contribui substancialmente para a compreensão das noções exploradas. Também fornece dados importantes sobre fatos da história da Matemática e provoca reflexões sobre a evolução e as contribuições do conhecimento matemático. As conexões da Matemática com as demais práticas e necessidades sociais e com conteúdos de outras áreas são exploradas satisfatoriamente, em especial nos volumes da 5ª e da 6ª séries.

Na abordagem dos conteúdos, idéias e procedimentos são geralmente desenvolvidos por meio de diálogos entre as personagens, que discutem e refletem sobre as validações e sistematizações dos temas. A partir do volume da 7ª série, esse processo de validação recorre mais à fundamentação matemática e, além disso, há maior apelo à participação do aluno. No tratamento da informação, a abordagem da noção de probabilidade é feita em atividades contextualizadas que envolvem a leitura e a interpretação de informações em tabelas e gráficos, retomada e ampliada em atividades sobre o cálculo de probabilidades. A estatística é introduzida com o estudo dos conceitos de média e moda e, posteriormente, das noções de distribuição, população e amostra, por meio de situações da prática social. Também são incluídos tópicos de teoria dos conjuntos e de equações fracionárias e irracionais, mas sem exageros.

Nota-se a preocupação em desenvolver um mesmo conteúdo com diversidade de enfoques, explorando diferentes significados e abordagens. Por exemplo, as operações com números naturais são associadas a várias idéias e procedimentos, como o cálculo mental e as estimativas; os números racionais são interpretados na forma de fração (como partes iguais do todo), de números decimais, de razão e de porcentagem. As noções de incógnita e de equação são trabalhadas por meio de simulações de equilíbrio em balança de pratos, enquanto os procedimentos de resolução de equações se apóiam nos princípios aditivos e multiplicativos da igualdade. As noções e propriedades geométricas, bem como as grandezas áreas e volumes, são geralmente desenvolvidas por meio de explicações baseadas em contextos históricos e pela exploração visual ou experimental, a partir de medições ou construções.

Além disso, contempla-se uma diversidade de representações matemáticas, como símbolos, desenhos, esquemas, tabelas e gráficos, que complementam os textos escritos na linguagem materna.

Na metodologia de ensino-aprendizagem, a apresentação e o desenvolvimento dos conteúdos são, geralmente, realizados por meio de explanações ou atividades, em sua maioria resolvidas no próprio livro. O aluno é incentivado a fazer deduções, com base em verificações experimentais, ou a confrontar suas
conclusões com as dos colegas. Tais atividades contribuem de forma decisiva no desenvolvimento das competências para explorar, estabelecer relações, generalizar, argumentar, criticar, expressar e registrar idéias e procedimentos.

Encontram-se, em toda a coleção, atividades que incluem questões abertas, desafios, problemas com nenhuma ou com várias soluções, cálculo mental, estimativa e formulação de problemas. Há atividades que envolvem outros recursos didáticos, como pentaminós, tangram, ábaco, geoplano, torre de Hanói e particularmente os instrumentos de desenho. A calculadora recebe especial realce, para agilizar cálculos ou explorar propriedades aritméticas.

A linguagem é clara e o vocabulário é acessível ao aluno a que se destina. Nos conteúdos e nas instruções, empregam-se vários tipos de texto, como explanações teóricas, diálogos, citações de jornais e revistas, histórias em quadrinhos, entre outros.

A obra estimula o respeito ao convívio social e à diversidade de experiências humanas, exibindo personagens com características próprias de diferentes grupos sociais e étnicos, o que contribui para a construção da cidadania. Muitas atividades contextualizadas apresentam contribuições próprias da Matemática para a formação do cidadão, como no volume da 8ª série, quando o aluno é alertado sobre situações em que noções de estatística podem ser utilizadas para
manipular as pessoas.

O manual do professor é formado por duas partes. A primeira é o livro do aluno, com respostas às atividades e algumas sugestões para o docente. A segunda é o suplemento Projeto pedagógico, que contém uma parte comum às quatro séries, com orientações ao professor sobre os pressupostos teóricos que nortearam a elaboração da obra. Inclui, ainda, Características do projeto didático e Gestão de sala de aula, com sugestões de como explorar o livro didático, o caderno de anotações, as atividades em grupo, o laboratório de Matemática, o desenvolvimento de projetos, o emprego da calculadora e de outros recursos didáticos, e a avaliação. Esta parte oferece também um projeto de aperfeiçoamento do professor, estimulando-o a aprofundar sua formação profissional, e uma bibliografia sobre diversas áreas, em especial sobre a Educação Matemática. Além disso, o Projeto pedagógico fornece análises dos textos e de algumas atividades propostas em cada capítulo; sugestões de atividades suplementares; encaminhamentos e interpretação da produção dos alunos, e informações sobre várias seções do livro.

Em sala de aula

É recomendável recorrer ao manual do professor para familiarizar-se com os pressupostos metodológicos que nortearam a elaboração da obra e com as sugestões propostas para o uso da coleção e para o enriquecimento do trabalho pedagógico.

Em várias atividades de apresentação e desenvolvimento dos conteúdos, explorações, interpretações e generalizações são feitas no próprio livro. Nesse sentido, é importante que o professor planeje essas atividades de modo a incentivar o aluno a assumir um papel de interlocutor nas discussões e reflexões
realizadas no texto.

Como é sugerida a utilização de outros recursos didáticos, incluindo materiais concreto, é importante que o professor fique atento a esta demanda.

 
© Copyright Bigode Consultoria Pedagógica Ltda - Todos os direitos reservados
Site by Neotag